CURIOSIDADES

Produtos de padaria: veja 4 itens que não podem faltar!

Escrito por Massa Madre Blog
9 de outubro de 2019

Ao pensar na oferta de produtos de padaria, o planejamento é o primeiro passo. Há quem pense que o bom gosto é suficiente para atender à clientela, mas a verdade é que as estratégias precisam estar alinhadas para ir ao encontro das necessidades do consumidor. Lembre-se de que a demanda é um dos pilares do mercado.

Assim sendo, é fundamental fazer um levantamento sobre a atuação das padarias na sua região, além de traçar o perfil do seu cliente-alvo. Assim, você vai entender melhor quais são as demandas e brechas que podem ser atendidas por você. Para ajudar nessa jornada, trouxemos 6 categorias que não podem faltar. Venha conosco e confira!

1. Pães diferenciados

Nem precisamos dizer: os artesanais estão em alta. Tanto bolos quanto pães estão sendo bastante procurados, pois o foco do consumidor está na experiência. Cada vez mais, as pessoas se preocupam com a origem de seus alimentos, querem saber da procedência dos ingredientes etc. Sendo assim, a padaria que entende isso está um passo à frente.

Oferte sempre variedades, dando opções novas para experimentação. Ainda, não deixe de trabalhar com os clássicos, pois eles são top de vendas por um motivo: já estão consolidados no mercado.

Dica de gestão de produtos

Pegue esta dica de estudo: pensando no pão como carro-chefe do negócio, é interessante avaliar o uso da Matriz BCG e do Ciclo de Vida do Produto. Com essas ferramentas, você vai poder balancear bem o seu mix, descobrindo, inclusive, qual é a participação de cada categoria nas finanças. É interessante fazer testes A/B.

O pão de fermentação natural, por exemplo, que tem mais valor pelo processo: como se sai quando exposto em tal local da padaria? E quando colocado em oferta num dia determinado?

Descubra as opções que dão maior retorno com determinados produtos e crie o hábito de repetir práticas de sucesso, além de ajustar as que não deram muito certo e eliminar o que definitivamente foi ruim.

2. Alimentos sem glúten, sem lactose e diet

Outra tendência que está se consolidando na oferta é a diversidade, e não se engane: isso chega a todos os setores, inclusive as padarias! Nesse caso, a oferta de alimentos “restritivos” se torna uma oportunidade. A busca por produtos sem glúten, sem lactose e diet, por exemplo, pode ser atendida por você.

Quando se tem a tradição nas mãos, é possível ousar e desenvolver receitas diferenciadas. Com a qualidade e o sabor sempre em primeiro lugar, as pessoas se sentem consumindo de forma saudável e com prazer. A ideia de que alimentos dessas categorias não são tão bons quanto os considerados “normais” não pode prevalecer na sua oferta. Trabalhe nisso.

3. Confeitaria e doceria gourmet

Quem não enche os olhos vendo aquele doce de cores bonitas? A confeitaria e a doceria andam lado a lado com a gastronomia tradicional desde sempre. Mesmo que os pães sejam o seu negócio, é imprescindível oferecer esse tipo de produto na padaria, pois acredite: as pessoas procuram e vão sentir falta.

A dica de ouro para os doces menores é focar a experiência — sabor, cheiros, textura, visual etc. — sem deixar de lado a parte saudável. Pensar no tamanho das porções e na quantidade de calorias e valorizar isso nas embalagens e na apresentação é imprescindível. Lembre-se: doce se come com os olhos.

Na confeitaria, os grandes volumes e proporções são bem-vistos. Capriche! Se houver disponibilidade de tempo e mão de obra para desempenhar essa atividade, a ideia de testar alguns desses bolos para tornar a padaria referência em encomendas para eventos, por exemplo, pode ser uma opção de boa lucratividade. Estude essa possibilidade.

Quer receita de cookies? Aqui temos 2 para você: Com Gotas de Chocolate e Com Castanhas.

4. Produtos secundários

Falando em mix de produtos, vamos ao óbvio: você sabe qual é o seu negócio, qual é o produto que representa a missão da sua padaria. Entretanto, isso não desqualifica os produtos secundários, pois eles também representam uma fonte de renda.

O foco, aqui, é não tornar esses produtos mais um trabalho para você: busque por fornecedores de confiança e faça alianças nesse sentido. Assim, você vai ter mais variedade na padaria sem tirar o foco do que realmente importa para lidar com produtos secundários.

A seguir, trouxemos algumas opções que você pode comercializar. Acompanhe!

Sorvetes e gelatos

Dia de sol, você está passeando com seu cachorro e avista a padaria: que tal um sorvete rápido para refrescar o passeio? É uma ótima ideia. Você entra na padaria e não tem nenhuma opção. Frustrante, né? Pois bem. Disponibilize esse tipo de oferta para o seu público.

Até porque, ao entrar na padaria pelo sorvete, a pessoa pode ser seduzida pelos pães e acabar levando um para casa. Ao experimentar, o negócio está feito: se torna fã.

A pessoa também pode entrar para comprar pão e decidir levar um sorvete. Assim, é uma demanda a mais a que sua padaria atende e outra fonte de dinheiro entrando no caixa.

Uma boa ideia é selecionar sorvetes de qualidade, de forma que a pessoa não possa encontrá-los em qualquer lugar, como no supermercado. Isso dá poder de barganha para negociar preço: o cliente pode pagar um pouco mais por algo melhor que não encontra em outro local.

Lanches rápidos

Lanches rápidos também são bem-vindos na padaria. Quem gosta de pegar algo e sair comendo, por exemplo, encontra aí uma boa opção.

O cuidado com esse item é um de que já falamos: estude se é viável despender tempo montando esses lanches. Compensa financeiramente? Atrapalha a produtividade da padaria em relação ao retorno que traz?

Não é errado focar a sua atuação. Na verdade, é mais recomendado escolher uma demanda e atendê-la nos mínimos detalhes do que tentar atuar em muitas coisas diferentes e não conseguir atender a todas com excelência. Entre os produtos secundários, podemos citar também:

  • geleias;
  • manteigas;
  • doces caseiros, como de leite, abóbora etc.;
  • bebidas em geral;
  • grãos de café;
  • leites vegetais;
  • farinhas e ingredientes para produção de pães caseiros;
  • chás;
  • chocolates;
  • pizzas.

O importante, na hora de definir os produtos de padaria, é justamente a análise do seu empreendimento: coloque o perfil do seu negócio em primeiro lugar ao escolher o cardápio e o que ofertar. O público-alvo e suas expectativas também devem estar no topo da sua lista de consideração, ok? Assim, pergunte aos seus clientes o que falta na padaria. Separe as opções mais citadas e estude a viabilidade de inseri-las no mix ofertado.

Certas categorias necessitam de equipamentos específicos para conservação e preparo. Falando nisso, recomendamos este material: leia o guia completo sobre as máquinas que você precisa ter na padaria!


Massa Madre News


2019

Alimentação fora de casa 2019: 8 tendências para seu negócio
Massa Madre Blog

CURIOSIDADES

6 razões para escolher produtos orgânicos e encantar os clientes
Massa Madre Blog

CURIOSIDADES

Afinal, quanto custa abrir uma padaria?
Quanto custa abrir uma padaria? Será que vale mesmo a pena investir nisso? A resposta para essas e outras perguntas você encontra neste artigo. Aproveite o conteúdo e boa leitura!
Massa Madre Blog

BRANDING

Manual de identidade: um guia de branding para sua padaria
Quer saber como constituir a marca da sua padaria? Confira os pontos importantes neste artigo.
Massa Madre Blog