PĆO
MITO
VERDADES
PANIFICAĒĆO
KNOW HOW

Esclarecemos 7 mitos e verdades do pćo

24 MAIO,2017

 

Não muito tempo atrás, o pão era um alimento básico. Mas nos últimos anos, esse humilde carboidrato tornou-se vilão de toda dieta. São muitos mitos e verdades que acabam confundindo a cabeça das pessoas e, assim, fazendo com que haja uma visão distorcida sobre benefícios e malefícios.

 

Há também aqueles que ainda se atrevem a comer pão, mas sentem-se culpados quando o fazem. Por isso, nesse post trouxemos algumas informações claras para você saber mais sobre esse alimento e seu universo.

 

Acompanhe essas informações e descubra mais sobre o tema.

 

Os 7 mitos e verdades do pão — acabando com as dúvidas

 

1. Comer pão fará você ganhar peso

 

Mito. Contrariamente à crença comum, o pão não é inerentemente algo que engorda. Comido com moderação, e como parte de uma dieta densa e equilibrada de nutriente, você pode definitivamente desfruta-lo, mesmo que seu objetivo seja a perda de peso.

 

O ideal para esses casos é tentar evitar o pão branco, especialmente em excesso, uma vez que ele é desprovido de muitas vitaminas, minerais e fibras durante o processo de refinação.

 

Por que isso é importante? A fibra encontrada em grãos inteiros e sementes, ajuda com saciedade e controle do apetite.

 

2. O pão sem glúten é mais saudável

 

Mito. Um rótulo “sem glúten” não traz absolutamente nenhuma garantia de saúde. Na verdade, as alternativas sem glúten podem até trazer maiores níveis de açúcar.

 

Glúten dá aos pães, e outros produtos assados, a sua forma mais fofa, por isso, quando os fabricantes retiram esse componente, muitas vezes o trocam por aditivos como goma xantano ou amido de milho, para criar uma textura semelhante — e açúcar ou gordura a mais para criar um sabor melhor.

 

Portanto, cuidado com essas opções sem glúten, assim como qualquer outra comida processada. Se você quiser mesmo evitar o glúten, opte por pães feitos com alimentos integrais, como trigo mourisco, quinoa, chia ou farinha de arroz.

 

3. O pão integral é mais saudável do que o branco

 

Verdade. O pão integral é, sem dúvidas, considerado a escolha mais saudável, porém, uma análise descobriu que muitos tipos de pães integrais industrializados contêm níveis mais elevados de açúcar do que os seus homólogos brancos. 

 

Além disso, diversas versões de pães marrons têm caramelo ou xarope adicionado à fórmula, tornando-os mais escuros e dando a ilusão de salubridade. Não há dúvida de que o pão integral (em vez do marrom) é o padrão ouro em termos de vitaminas, minerais e fibras.

 

No entanto, para evitar adição de açúcar ou outros edulcorantes sempre verificar o rótulo, procure padarias artesanais e busque orientações claras da massa que foi usada para a produção do pão.

 

4. Comer pão é ruim para o açúcar no sangue

 

Mito. O pão é um carboidrato, e quando comido sozinho (particularmente o pão branco que é altamente refinado), pode causar níveis de açúcar no sangue para dar um pique e, em seguida, queda rápida, o que pode levar a baixa energia e ânsias.

 

Para acabar com isso, basta combinar o seu pão com alta proteína ou opções de gordura boa, como homus, creme de ricota ou queijo cottage. Isso pode reduzir a carga glicêmica dessa refeição (a taxa em que é absorvido em sua corrente sanguínea).

 

Para evitar um choque de energia no pós-almoço, evite o pão branco de forma e faça dos pães integrais uma adição à sua refeição, como um lanche rápido.

 

5. O pão faz você ficar inchado

 

Mito. Não existe uma única causa dietética para o inchaço. No entanto o pão pode causar inchaço em muitos indivíduos, e isso pode ocorrer devido a vários fatores.

 

A maioria dos pães comerciais são feitos usando um processo industrial chamado Chorleywood Bread Process (CBP), que produz um “pão rápido e barato” usando enzimas e agentes melhoradores da farinha, sendo alguns indivíduos sensíveis a elas.

 

Se você acha que o pão de forma comprado no supermercado incha, mas o pão artesanal de sua padaria local não, esse poderia ser o motivo.

 

Para outros, o fermento no pão é o que os deixa sensíveis e, para outros, é o glúten. Algumas pessoas acham que os pães produzidos com trigo são difíceis de digerir, mas em contra partida, toleram facilmente o pão de centeio. De toda forma, isso se resume ao indivíduo.

 

6. A fermentação natural traz mais vantagens

 

Verdade. A produção de pães com fermentação natural pode levar muito mais tempo do que um pão com fermento industrializado, porém, sem dúvidas vale a pena.

 

Alguns dos principais benefícios do pão com fermento natural:

  • o sabor é incomparavelmente melhor ao do pão tradicional;
  • esse processo faz com que haja um índice glicêmico muito abaixo dos demais pães;
  • a digestão no organismo de quem opta por esses pães é mais fácil, mesmo para aqueles que são sensíveis ao glúten;
  • estes pães podem ser armazenados por mais tempo, uma vez que o ácido acético, inibidor de bolores, é produzido durante a fabricação do fermento;
  • ela aumenta os teores de bactérias benéficas ao intestino;
  • fornece diversos nutrientes, graças a complexidade de suas composições.

 

7. A padaria gourmet é modinha

 

Por fim, para encerrar nossa lista de mitos e verdades do pão, trouxemos um dos maiores Mitos até aqui.

 

Segundo Maria Regina Diniz, analista técnica do Sebrae, “O conceito de padaria como local para comprar pão e leite acabou”. Além disso, ela também afirma que estes tipos estabelecimentos vêm caminhando cada vez mais para um modelo gourmet. O objetivo disso é atender a um consumidor cada vez mais exigente.

 

De acordo também com um estudo divulgado no ano de 2012, desenvolvido pelo Sebrae, em parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (Abip) e com o Instituto Tecnológico da Panificação e Confeitaria (ITPC), a participação do setor no segmento de produtos alimentícios é de 36,2%. Na indústria de transformação, esse percentual é de 7%.

 

Assim, padaria gourmet não só não é modinha, mas sim algo que todos que presam por produtos com qualidade de sabor e saúde devem optar sempre.

 

Esperamos que você tenha gostado desse nosso post e sobre os mitos e verdades do pão e das padarias. Quer se aprofundar um pouco mais sobre a questão do Glúten? Então acompanhe algumas curiosidades específicas sobre essa área!

 



< ANTERIOR
VOCÊ VAI GOSTAR
PRÓXIMA >