OPINIÃO

Compre uma baguete e escolha um bom azeite extra virgem!

Escrito por Patricia Galasini
24 de maio de 2016

Comer um pedaço de pão em paz é melhor do que comer um banquete com ansiedade. (Esopo)

Eu preciso concordar com Esopo, escritor da Grécia antiga, que comer um pedaço de pão, especialmente se ele for regado com Azeite Extra Virgem, fica muito mais especial. Tudo na vida começa com a descoberta, com a ação e o movimento. Aqui, vamos falar sobre a arte de degustar, trata-se do contato único entre você e o alimento. Eu amo pão ainda mais se ele estiver quentinho e bem acompanhado de um excelente azeite, português, espanhol ou italiano.

Há o cheiro, textura, a cor, os aromas. Misturar estes dois ingredientes é uma experiência simples, mas os resultados são espetaculares. O azeite, pode ser adaptado ao gosto do freguês, com a adição de ervas finas picadas, pimenta ou até flor de sal. Não há uma regra rígida para esta experiência, basta você mergulhar uma fatia de pão no azeite, pode ser pão italiano, ciabata, pão francês, baguete, pão sírio, pão integral, pão branco, pão preto, torrada, mas, tem que ter pão.

Para saborear esta delícia, a dica de ouro é: aqueça qualquer que seja sua fatia de pão. Coloque em um recipiente meia xícara de azeite extra virgem e adicione algumas ervas picadas, se possível macere um pouco para soltar o sabor e os aromas. Mergulhe este pão quentinho em azeite fresco. Você será tomado de prazer pelo corpo, todas as sensações, odores, cheiros e aromas positivos e agradáveis farão deste momento uma única situação.

A parte sensorial do ato de comer uma fatia de pão com azeite, é fantástica. É sabor, frescor e felicidade!

Além de ser saborosíssimo o azeite e o pão fazem parte da Dieta Mediterrânea que tem como características:

– Consumo moderado de carne vermelha como base proteica.

– Consumo de frutas frescas e fritas cítricas.

– Consumo de vegetais com predominância de cereais, leguminosas, oleaginosas, frutas e verduras.

– Uso frequente de peixes e frutos do mar.

– Constante utilização de ervas especiarias em detrimento ao sal, para temperar os alimentos.

– Usar o azeite de oliva como principal fonte de gordura (em substituição às outras).

O consumo de Azeites no Brasil tem variação entre as diversas regiões, e por ser um país muito grande, existe o problema da distribuição e logística que pode influenciar na qualidade do produto, mas de qualquer forma o importante é fazer uma dieta rica com alimentos saudáveis, inserir muito azeite na sua dieta e não esquecer a atividade física.

Olha esta outra dica: Você sabia que dá para fazer a sua própria manteiga de azeite, inclusive saborizada? Pois é, simples e fácil, afinal você pode dar um sabor especial com ervas, alho, pimenta e o que mais sua imaginação permitir. Aqui vai uma receitinha fácil e básica para aqueles dias em que você só quer um pãozinho quente com uma manteiga de azeite e ervas finas.

Anote a receita.

Ingredientes:

1 maço de ervas finas picadas (orégano, manjericão e sálvia)

½ xícara de azeite extra virgem

1 pitada de sal

Modo de preparo:

Separe as ervas que você irá usar e higienize muito bem. Em seguida, seque-as com um papel toalha e retire os talos, deixando só as folhinhas. Misture os ingredientes e a seguir coloque em forminhas de gelo, leve ao freezer.

Sempre que tiver vontade, retire um quadradinho de manteiga e azeite e saboreie!

AVISO LEGAL | DISCLAIMER Todas as OPINIÕES não expressam particularmente a opinião do MMB e/ou empresas associadas, mas tão somente de quem as escreveu/emitiu. Para maiores informações, consulte também Termos de Uso do MMB.


Massa Madre News


DIA

Dia Mundial do Pão
Uma crônica em homenagem ao pão
Eugênia Pickina

2019

Alimentação fora de casa 2019: 8 tendências para seu negócio
Massa Madre Blog

CURIOSIDADES

6 razões para escolher produtos orgânicos e encantar os clientes
Massa Madre Blog

COOKIES

Produtos de padaria: veja 4 itens que não podem faltar!
Massa Madre Blog

CURIOSIDADES

Afinal, quanto custa abrir uma padaria?
Quanto custa abrir uma padaria? Será que vale mesmo a pena investir nisso? A resposta para essas e outras perguntas você encontra neste artigo. Aproveite o conteúdo e boa leitura!
Massa Madre Blog