SEM GLÚTEN

Pão com trigo sarraceno sem glúten

Escrito por Fernanda Benitez
22 de novembro de 2017

Os pães fazem parte da minha vida. E quando fiz um tratamento para melhorar as duas doenças autoimunes que tenho, o hipotireoidismo e a psoríase, resolvi fazer pães sem trigo que fossem possíveis de comer, já que tive que ficar sem consumir glúten.

O universo sem glúten é difícil para trabalhar, mas não é impossível. Talvez o impossível seja vencer o preconceito de muitos profissionais da panificação tradicional com este tipo de produto.

Colecionei muitas tentativas fracassadas de fazer bons pães e após muitas consegui ter resultados seguindo meu próprio paladar e exigência.

Hoje, após 5 anos, posso comer trigo outra vez, embora em pouca quantidade. Trabalhar sem ele me fez dar muito valor, e hoje me sinto um profissional sem preconceitos e sem limites para misturar farinhas de diferentes tipos.

Antes de começar a receita segue essas orientações:

  • Este tipo de pão é feito com batedeira planetário, batedor raquete.
  • Não existe muita relação dos ingredientes com regras de porcentagem como as fórmulas de padeiro usadas na panificação tradicional.
  • Não existe necessidade de ter medo de misturar o fermento no início, o tipo de fermento utilizado permite este tipo de processo.


  • Mistura de farinhas
  • 120g de farinha de arroz Branca
  • 60g de fécula de batata
  • 40g de polvilho doce
  • 60g de farinha de grão de bico
  • 30g de farinha de trigo sarraceno
  • 20g de farinha de painço


  • Agente de liga
  • 7g de goma xantana pura


  • Agentes para enriquecer o pão e ajudar na sua estrutura e Agentes para hidratar
  • 30g de Açúcar orgânico
  • 120g de ovos
  • 65g de azeite extra virgem
  • 250g de água
  • 8g de sal marinho


  • Fermento biológico seco instantâneo
  • 12g


  • Modo de preparo
  • 1) preparar a mistura de farinhas com a goma xantana, açúcar, sal e fermento
  • 2) separe os ovos, azeite e adicione a mistura de pós
  • 3) despeje a água e aumente um pouco a velocidade da mistura
  • 4) coloque a massa na forma apropriada para pão de forma, acerte a superfície da massa deixando ela retinha e espere que atinja o volume bem próximo do topo da forma
  • 5) aqueça seu forno em 190C
  • 6) comece assando 10' em 180C seguido por 10' em 170C e finalizando com 8' em 160C
  • 7) retire e desenforme
  • 8) resfrie numa grade completamente antes de fatiar
  • 9) após 24hs, é recomendado refrigerar por 7 dias. Ou congele fatiado por 30 dias
  • 10) para comer, aquecer cada fatia no Microondas por 10'' OU aquecer como preferir


Massa Madre News


ORIGEM

Pinsa Romana
Uma breve história e receita da Pinsa Romana
Frederico Tomé

ALEMANHA

Pão de Centeio Schwabenlaib (Pão do Sul)
Uma receita especial do pão do sul (Alemanha)
Rodrigo Gomes

CULTURA

Fermento de batata e pão colonial
Sobre o famoso pão colonial do Rio Grande do Sul e o fermento de batata (receita!).
Charlie Tecchio

FARINHA DE UVA

Pão de Farinha de Uva e Vinho do Porto
Vídeo-receita
Marcos Pickina

HISTÓRIA

Pão do Padre
Receita
Fernando de Oliveira