TENDÊNCIAS
PADARIA
FERMENTAÇÃO NATURAL
PANIFICAÇÃO
KNOW HOW

Tendências para padarias: conheça as mais importantes!

24 NOVEMBRO,2016

 

O mercado está em constante mudança, e no ramo da panificação não é diferente. É preciso pensar fora da caixa, questionar conceitos e culturas, investigar novamente o porquê de as coisas serem feitas como são e traçar novas ideias, novas formas de trabalho e novos produtos.

 

Com o passar do tempo, nossos gostos mudam, percebemos fatores que não dávamos importância antes, passamos a desconsiderar coisas que antes eram imprescindíveis e, quase sempre, acabamos ficando mais exigentes.

 

Esses são alguns dos muitos fatores que motivaram as mudanças também no ramo da panificação e é preciso entender que, se trabalhamos para nossos clientes, e os seus desejos mudam, precisamos nos adaptar a eles, caso contrário nossa clientela poderá não ver mais em nós aquilo que buscam.

 

Tudo vale a pena quando o objetivo é a satisfação do cliente, e claro, as vendas. Para você acompanhar essa mudança, separamos algumas tendências importantes que você não pode deixar de conhecer e aplicar na sua padaria. Confira!

 

Cuidado com a saúde

 

Hoje em dia, tem crescido a parcela da população que opta pelas práticas saudáveis, aqueles que entendem que, na verdade, o que ingerimos é para conferir energia ao nosso corpo, e que escolhas inteligentes resultam em um melhor funcionamento de todo o organismo — não que o fator "sabor" não seja importante, mas se é possível aliar saúde e bem-estar a ele, por que não?

 

Inserir na panificação a preocupação nutricional, ou seja, com alimentos mais nutritivos, feitos com sementes e grãos integrais, com diversos tipos de cereais e pobres em conservantes e aditivos químicos é uma tendência que está começando a ser mais explorada no mercado e tem tudo para crescer nos próximos meses.

 

Fermentação natural

 

A utilização do fermento natural não é bem uma inovação, mas estamos presenciando uma verdadeira retomada desse antigo hábito. É o exemplo perfeito de por que devemos repensar a forma como fazemos as coisas.

 

A fermentação natural é a maneira como se faziam os pães antigamente, até o momento da criação dos fermentos industrializados (cerca de 150 anos atrás). A vantagem de se usar a versão industrializada está, é claro, na praticidade e no tempo da produção, já que um pão feito com fermentação natural necessita primeiramente, da produção do fermento, que leva de 7 a 10 dias, para só então produzir o pão. Bem diferente do que acontece quando se utiliza o fermento industrializado.

 

Mas todo esse investimento de tempo certamente apresenta mais retornos, como: textura incomparável, casca crocante, sabor e aroma mais intensos, índice glicêmico inferior (se comparado com as versões "tradicionais"), digestão facilitada — graças ao seu processo lento de fermentação —, mais durabilidade (já que na fabricação do fermento é produzido também o ácido acético, que inibe o desenvolvimento do bolor), rico em bactérias benéficas ao intestino e ainda é fonte de diversos nutrientes.

 

Certamente, esse é um processo que agradará tanto a quem busca opções mais saudáveis quanto quem busca em todas as refeições um sabor diferenciado e especial.

 

Controle de qualidade

 

Assim como outros produtos mundialmente comercializados, como o vinho, a tendência é que os pães também recebam sua própria identificação de origem e controle de qualidade.

 

O objetivo é dar segurança aos clientes de que o produto adquirido é de boa procedência e se tornará também um diferencial nesse mercado.

 

Diferenciais para os clientes

 

Na forma da venda, na forma como o produto é apresentado ao cliente final e até mesmo na experiência em seu ponto de venda, tudo passará por uma revolução em que o objetivo é apresentar cada vez mais atrativos ao cliente.

 

Inovações no ponto de venda

 

A cozinha, que antigamente era escondida e distante do público, hoje ganha novos utensílios, além de uma parede de vidro, permitindo que o público acompanhe através dela o que está sendo produzido, conferindo uma sensação de honestidade, transparência e segurança para o cliente final. Os uniformes também estão recebendo mais atenção, brancos e completos, passam ao cliente a sensação de asseio, importantíssimo ao se escolher um local para comer.

 

Inovar na hora de apresentar e vender o produto também é essencial. Comprar o pão e ganhar os acompanhamentos? Comprar o sanduíche e ganhar uma peça de pão? Ou oferecer produtos sazonais, como um kit de panetones, ou de culturas diferentes como o caso do StollenA criatividade não deve ter limites quando o objetivo é agradar e trazer novas propostas ao consumidor.

 

Marketing digital

 

Já pensou na possibilidade de levar sua loja para a internet? Pois é, cada vez mais os mercados estão marcando presença neste meio, e as padarias também. Em breve, os que não aderirem a essa nova forma de mercado vão, aos poucos, sendo ultrapassados. Investir nesse meio é uma boa opção pois atinge uma maior quantidade de clientes, não só os da redondeza.

 

Para conquistar esse público, é importante manter seu site chamativo, com informações práticas para seus consumidores, como os produtos oferecidos, pedido mínimo, disponibilidade de estoque, prazo de entrega, entre outros. E para se manter mais próximo desses clientes, conte a história da padaria no site.

 

Também é importante marcar presença nas redes sociais, como Facebook, Twitter e Instagram, e manter-se ativo nelas, fazendo publicações diariamente — pois é como diz o ditado: "quem não é visto, não é lembrado".

 

Comunicar-se por meio dessas mídias sociais é imprescindível para o seu negócio, pois já é muito comum as pessoas procurarem nessas plataformas os lugares que desejam conhecer e frequentar. É importante que em cada post realizado, seja possível mostrar ao cliente todo o diferencial do seu negócio e deixar a mensagem bastante clara sobre os benefícios de frequentar o seu estabelecimento.

 

Profissionalização

 

Hoje, as padarias estão valorizando mais os profissionais capacitados, e estão também investindo na formação de seus colaboradores, podendo trazer aos seus clientes tendências atuais.

 

Além disso, a qualificação dá mais visibilidade e valorização a esse segmento também, atraindo mais jovens para o ofício, de forma que a panificação não se torne uma arte esquecida.

 

Gostou do nosso post sobre tendências em panificação? Compartilhe em suas redes sociais e ajude a espalhar o conhecimento!

 

Por Massa Madre Blog



< ANTERIOR
VOCÊ VAI GOSTAR
PRÓXIMA >