Luiz André Alvim

 

Quem te inspirou?

Na cozinha foi minha vó Neusa. Na panificação foram os pães que eu comia em viagens e, que na volta ao Brasil, me sentia abandonado.

 

 

Quando decidiu?

Em 2008 decidi que mudaria de profissão, queria trabalhar na cozinha, sou ator… a mudança continua acontecendo...é difícil largar um ofício em que se está há 27 anos!

 

 

Como aprendeu?

Sou formado em gastronomia pela Estácio/ADF, mas a panificação artesanal foi um aprendizado empírico, solitário. Muita tentativa e erro. Comemos muitos pães "bíblicos" lá em casa no início.

 

 

Como define a sua cozinha?

Tempo, Simplicidade e Respeito.

 

 

Quem é você fora da cozinha?

Filho da Dona. Euda e do Seu Luiz Carlos, marido da Diana, dono da Xirley, integrante da Cia. Atores de Laura, ator do Grupo Pedras, fascinado por bicicletas, apaixonado pela minha Harley… um cara que depois de 27 anos numa profissão está começando tudo de novo...cheio de amor e sonho!

 

 

Sabor da Infância?

Sorvete de manga e biscoito de natas...ambos da minha vó Neusa.

 

 

É um sucesso por quê?

Porque é simples, cheio de amor, e respeita o tempo de cada coisa.

 

 

Um prato?

Pizza!

 

 

Comer ou preparar?

Preparar, comer, comer preparando, preparar comendo.

 

 

O que comeu e não esqueceu?

Foi num restaurante chamado Can Ross (Barceloneta), em Barcelona. Foi o almoço que mais me emocionou. Um amigo (Nando) que é Sushiman do restaurante Kibuka-Gracia levou eu e meu pai. Entrada foi pan tomato com alioli, o prato era uma paella com tinta de lula, e a sobremesa um crema catalaña… Já voltei a Barcelona 2 vezes só pra repetir essa experiência.

 

 

 

 

 

 





POSTS