Paulo Henrique Chaves

Quem te inspirou? 

Minha inspiração foi o chef, de uma padaria, Anton Gold depois na confeitaria Pierre Hermê.

 

Quando decidiu? 

Desde de criança sempre gostei de fazer pães e bolos.

 

Como aprendeu?

Trabalhando em várias padarias passei por várias empresas como: Puratos, depois fui técnico na Dawn Foods e na Fabbri. Também ministrei vários cursos pelo Brasil e durante 15 anos fui consultor de padaria e confeitaria autônomo.

 

Como define a sua cozinha?

Criativa e verdadeiramente brasileira, procuro usar várias técnicas europeias e transformar tudo para o nosso paladar e valorizando sempre os produtos nacionais.

 

Quem é você fora da cozinha?

Um pai participativo, amigo, sempre pronto para ajudar, e claro, adoro cozinhar em casa.

 

Sabor da Infância?

Bolinho de chuva

 

É um sucesso por quê?

Sou parceiro, comprometido no que faço e amo meu trabalho, sou um perfeccionista

 

Um prato?

Caldeirada no tucupi

 

Comer ou preparar?

Preparar

 

O que comeu e não esqueceu?

Cordeiro ao molho de hortelã





POSTS